Rosália Passinhas

Página Inicial »  Professores »  Rosália Passinhas

Como ginasta federada e representante de Portugal, desde os 5 anos, em competições internacionais, teve formação base em Ballet Clássico, Formação coreográfica, Acrobática, Desportiva de Aparelhos, Tumbling e Trampolins.
Inicia os seus estudos em Dança Jazz aos 15 anos, continuando a sua formação em cursos internacionais em Dança Jazz, Hip Hop, Dança Contemporânea e Musical Jazz em Lisboa.
Após ingressar na Universidade do Minho em 1992, é convidada pelo Instituto Português da Juventude a leccionar um Curso de iniciação à Dança Jazz, iniciando a divulgação do Jazz na Cidade de Braga.
Formou-se pela CEFAD-Porto como Monitora de Fitness e após várias especializações nesta área foi coordenadora de atividades de academia no Grupo Koryo leccionando durante 10 anos várias atividades ligadas ao fitness e à Dança.
Fez formação e especializações em Dança Jazz, Hip Hop, Salsa e Ritmos Latinos, Dança de Salão, Contemporânea, Teatro Musical e Representação, com mestres conceituados, em Portugal, Espanha e em Inglaterra.
É convidada para ser professora titular na Premier Dance School em 2002, iniciando a divulgação da Dança Jazz em várias escolas de dança no Porto, nomeadamente no Centro de Dança do Porto.
Em 2006 é convidada para lecionar a Disciplina de Dança no Curso de Teatro Musical da AMVP, homologado pela Mountview Academy of Theatre Arts em Londres.
Em 2009 integra o projecto Backstage em Braga como diretora da Escola de Dança e Artes Performativas, coreógrafa e bailarina da Companhia Backstage e professora nas áreas de Dança Jazz e atividades complementares.
Em 2014 inicia a sua formação em Pole Dance com vários professores, como “Bendy” Kate, Yvonne Smink, Evgeny Greshilov, Shaina Cruea, sendo a primeira Professora de Pole Dance residente em Braga.
Trabalha ativamente como bailarina profissional e intérprete desde 1995 em projetos de dança, moda e teatro.
Como coreógrafa na área da dança e do teatro musical, coreografou vários musicais a nível académico, entre eles “Chicago”, “Aída”, “Little House of Horrors”, e a nível profissional coreografou a revista “Vai dar Banho ao Cão” de Óscar Branco, em cena em 2011 no Casino de Espinho, no Porto no Teatro Sá da Bandeira, em Lisboa no Teatro Villarett e em Matosinhos no Cine-Teatro Constantino Nery.
Concebeu e coreografou as peças “As Sombras do Império”, “Metamorfoses”, “Pigmalião”, “As Sombras de Circe”, O Julgamento das Deusas” e co-coreografou “Flora e Zéfiro, para o evento Braga Romana de 2011, 2013 ,2014, 2016, 2017 e 2015 respetivamente.
Criou a peça “A Criação” para a inauguração da Galeria Shair/Emergentes DST em 2014 e em 2016 a coreografia de abertura da Gala do Desporto produzida pelo Município de Braga que sería mais tarde premiada com o primeiro lugar de Grupos Jazz Intermédio no Concurso Internacional Festival Norte Dança 2017.
É coreógrafa residente da Companhia de Dança Backstage, coreógrafa de vários solos premiados em Concursos de Dança Internacionais e mentora do Programa de Alunos de Mérito da Backstage.